sábado, 17 de maio de 2014

ANÔNIMATO: Até o momento OAB de Paulo Afonso não revela nome de Advogado que lesou um professor em mais de R$ 7 mil reais, Advogados locais cobram providências.


ISAC DE OLIVEIRA, OAB-BA n° 21231 e CELSO PEREIRA DE SOUZA, OAB-BA 320-A, ex-Presidentes da OAB-BA, encaminharam requerimento a Presidente da OAB, Subseção de Paulo Afonso-BA, Drª Maria do Socorro Rolim, sobre o caso do Professor Manoel e advogado não identificado, como sendo responsável por apropriação indébita, com o seguinte teor:

“...em face da notícia divulgada no site OZILDOALVES.COM.BR do dia 10/05/2014, onde um professor, identificado com Prof. MANOEL, diz ter sido lesado por um advogado, sem identificá-lo, vem expor e requerer o seguinte: A falta de identificação do nome do advogado leva a sociedade presumir que qualquer um de nós, advogados, possa ser o envolvido nos fatos narrados pelo professor.

É dever da OAB apurar os fatos e também cuidar para que a advocacia não seja exposta, comprometendo toda classe.

O fato deve ser apurado severamente, mas, deve ser corrigida a injustiça causada aos advogados pelo anonimato.

Para tanto, requer que providências urgentes sejam adotadas, para salvaguardar os advogados probos”.

Nestes Termos, Pedem Deferimento, Paulo Afonso-BA, Maio de 2014.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...