sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Assessoria de Comunicação do Partido Progressista Municipal, rebate matéria de radialista de Paulo Afonso.


“Até tu, BRUTUS?”

Raquítico pressupõe indivíduo que tem raquitismo, que é pouco desenvolvido, enfezado, mirrado e até mesquinho. Este foi o título de um parágrafo sem valor da coluna “Bastidores” de um site local mercenário, que complementou: “eleitores adversários do candidato a deputado estadual Dernival Oliveira Júnior, Val, estão rotulando a sua candidatura como “raquítica”, sem nenhuma expressão política”.

A expressão “raquítico”, na manchete anexada à fotografia do pauloafonsino e ex presidente da Câmara Municipal de Paulo Afonso onde foi referência, além de clamar Jurisdição, no aspecto físico é contraditório e no literário é antônimo, quando nitidamente VAL está sempre de bom humor, é forte, e aprendeu com seu pai, o saudoso Dernival do Hotel Belvedere , a fazer o bem sem olhar a quem, haja vista, no “Boom” da obras da Chesf, sem conotação política, todos os dias, distribuía com seu pai dezenas de almoços para os necessitados na cozinha do seu restaurante, e sempre mitigou a fome dos menores de rua da cidade sem procurar promoção em sua filantropia de berço.

Candidato do PP, Dernival Oliveira, não acredita que seus adversários do PT e do DEM, candidatos também a deputados estaduais da cidade, tenham participação nefasta nesta “patriotada” de algum correligionário que agiu como lambisgóia, e foi sequaz na arte de comprar a “imprensa marrom” para desacreditar sua pessoa.

Os infelizes são ingratos, isto faz parte da infelicidade deles. O signatário da infeliz publicação cospe contra o vento, sujando o prato que comeu, literalmente, quando muitas vezes saciou sua fome na mesa da mansão do ofendido, que já intermediou até com o Direito paulista, recentemente, para se fazer justiça a um parente seu, envolvido com o Direito Penal nos porões da “paulicéia desvairada”, onde o filho chora e a mãe não vê... A memória do difamante é muito curta. Sua ingratidão é bem maior...

Neste triste contexto que a própria sociedade de Paulo Afonso anonimamente avalia este imbróglio e a lisura ou não das partes, o feitiço vira contra o feiticeiro e os adversários do candidato do PP, culpados ou não pelo abuso da dignidade da pessoa humana de um ilibado filho de Paulo Afonso, deram um tiro no pé de suas “mofadas” campanhas políticas, provocando quem está cotado realmente para assumir o Legislativo da Bahia. Quem viver!

Assessoria de comunicação do Partido Progressista Municipal.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...