terça-feira, 26 de agosto de 2014

NOVIDADE: Mais uma rádio comunitária começa a funcionar em Paulo Afonso.


Paulo Afonso tem, desde o final de Julho, mais uma emissora de rádio. É a Betânia FM, uma rádio comunitária instalada no loteamento Sal Torrado, na Rua dos Oitizeiros, 42 que se junta às outras rádios comunitárias Betel FM, do loteamento Prainha e outra que também funciona há alguns meses no Bairro Tancredo Neves.

Além destas emissoras de pequeno alcance por restrições do seu próprio formato e finalidade, Paulo Afonso também tem, há dezenas de anos, as rádios Cultura AM e FM e Bahia Nordeste, AM. As rádios AM estão em processo de mudança para o formato FM por decisão de ×Decretos Federais que regulamentam a radiodifusão no país.

Ainda engatinhando a Rádio Betânia FM já tem, além de muitos programas musicais, programas evangélicos, um programa da APLB e um outro, de entrevistas e bate-papos, este aos sábados das 10 às 11 horas da manhã, apresentado por Geraldo Alves. Tem como diretor Djalma Mendes da Silva que é o presidente da Associação Comunitária dos Amigos do Loteamento Sal Torrado.

De Forquilha a Hip Hop no Conversa da Gente, na Rádio Betânia FM

Neste sábado, 23 de Agosto, Geraldo Alves convidou para participar do seu programa chamado Conversa da Gente, o professor e escritor Antônio Galdino, que falou sobre o seu mais recente livro, De Forquilha a Paulo Afonso: Histórias e Memórias de Pioneiros, que trata de pesquisa buscando o resgate da história e da memória de Paulo Afonso e região e também do jornal Folha Sertaneja os artistas Júnior Brown e Samuca Atitude que se apresentam em shows de Hip Hop difundindo esta forma de cultura no município. Quem também estava lá era o Xaxinha, que apóio o amantes dessa arte fazendo filmagens com uma pequena câmera.

A proposta de Djalma Mendes “é oferecer mais uma opção, mais um espaço para a comunicação em nossa cidade, no nosso caso, alcançando o Loteamento Sal Torrado, o Bairro Centenário, Senhor do Bonfim, D. Mário Zanetta, Tropical, o BNH (Bairros Amaury Menezes e Panorama), principalmente. É uma rádio aberta para todos”.

Para Geraldo Alves, “o programa Conversa da Gente, deseja ser isso que vemos aqui, um lugar de bate-papo, de ouvir e conversar com as pessoas, de todos os níveis e classes sociais”.

No programa deste sábado, tanto o MC Júnior Brown, que trabalha como pintor de casas, que é também a profissão do pai, mas se dedica com muito afinco para a expansão da cultura Hip Hop em Paulo Afonso, assim como MC Samuca Atitude também estavam presentes.

Eles já têm várias músicas gravadas e vídeos colocados na internet e sonham gravar um CD e DVD mostrando sua arte “para um público que está crescendo em Paulo Afonso e na região, como em Glória”, diz Júnior Brown.

Mas os dois afirmaram no programa e também à Folha Sertaneja que têm muita dificuldade para tocar o seu projeto “mas não vamos desistir nunca, mesmo sofrendo discriminação e falta de apoio de empresários e dos órgãos de cultura da cidade. Também sofremos perseguições e discriminação da própria polícia e isso já aconteceu duas vezes.

Uma vez a gente fazia uma apresentação na Praça do BTN e a polícia mandou a gente parar e deixar o lugar. Outra vez estávamos participando de outra programação, em cima do trio elétrico e a polícia mandou a gente parar e descer.

Eles ficam dizendo que a gente faz apologia das drogas, o que não é verdade. Pode ter gente por aí que faça isso, mas não é o nosso caso”, afirma Júnior Brown.

Além da Cultura e da RBN agora mais três rádios comunitárias

Com o surgimento da Rádio Comunitária Betânia FM são agora três emissoras de rádios desse tipo em Paulo Afonso e todas com a mesma freqüência 104,9. Isso, de uma forma limita o raio de abrangência de cada uma das emissoras mas, por outro lado, acaba gerando a maior confusão e desconforto para ouvintes.

Faz algum tempo, antes de entrar no ar o sinal da Betânia FM, moradores do Bairro Tancredo Neves, que se declararam como evangélicos e seguidores da programação da Rádio Betel que entrava naquele bairro, nessa freqüência, procuraram o jornal Folha Sertaneja para dizer de sua insatisfação porque ao sintonizar esta emissora em seus programas preferidos recebiam “apenas música mundana”, ou seja, uma programação diferente daquela que costumavam ouvir.

Era o sinal de outra rádio comunitária autorizada a funcionar naquele populoso bairro, na mesma freqüência 104,9 e que, dizem aqueles moradores, seria uma concessão dada ao vereador Marcondes Francisco, presidente da Câmara de Vereadores.

O diretor da Rádio Betel, Pastor João Neto de ×Barros, também informou ao jornal ×Folha Sertaneja que a sua emissora “que existe, totalmente regularizada e autorizada a funcionar desde abril de 2000, há 14 anos, também foi muito prejudicada com essa medida do ×Dentel de dar a mesma freqüência, que temos desde esta data, a outras duas emissoras de rádio comunitária em Paulo Afonso”.

Sabe-se que além da frequência 104,9 liberada para a Rádio Betel, duas outras freqüências estariam disponíveis para Paulo Afonso e não se entende porque o Dentel, órgão do Ministério das Comunicações preferiu deixar as três com a mesma freqüência.

Polêmicas e queixumes à parte, o nascimento de mais uma emissora de rádio em ×Paulo Afonso, no caso a Betânia FM, se apresenta como um novo espaço, uma nova opção para a comunidade dos bairros da cidade de Paulo Afonso.

Fonte: Folha Sertaneja Online.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...